7/29/2011

436



Preparou alguns post-it que ficaram colados no espelho da casa de banho. Eram muito poucos: cinco. Não precisaria de mais. Um com alguns contacto, outro com responsabilidades inadiáveis, o terceiro preenchido com a morada de casa e a do trabalho, um ainda para o código de acesso à sua conta bancária e finalmente outro para alguns nomes de escritores, música e preferências pessoais das quais nunca seria capaz de abandonar. A seguir, tirou a roupa, entrou na banheira e demorou eternidades. Enquanto se secava procurava o local. Encontrou-o. Pegou no manual e iniciou a operação de alteração das configurações. Sabia que depois de as alterar, não poderia repetir o procedimento pois, nos papéis que colara no espelho, não havia instruções para tal. Inspirou fundo e carregou no "OK". A partir desse momento, sabia que sempre que acordasse, a sua memória partia do zero; sempre que adormecesse, a memória iniciava um processo de "reset". Cada dia, seria agora, um novo começo, sem ficheiros temporários ou fragmentos passados. Amanhã nasceria de novo, e depois de amanhã, e daqui a dois dias. Sempre. Sem memórias. Sem planos possíveis. (Oldmirror)
.

- Ódio é uma palavra forte, não achas? [Peter Pan]
- O Amor também é! E as pessoas falam como se não significasse nada. [Wendy]

4 Comments:

Blogger Mommy Gates said...

Começo a achar que deveria de existir algo assim, faria-me muito jeito.

7/29/2011 04:20:00 da tarde  
Blogger Alexandra said...

Mommy Gates, a ideia é engracada e tentadora. Mas apos leitura atenta, nao faz sentido nenhum. Dava conversa para a tarde toda :), mas essencialmente, somos hoje o resultado de todos os eventos vividos, do meio que nos rodeia, e dos conceitos em que escolhemos acreditar. De alguma forma,cada um de nós é responsável pelas experiências que vive e pelo modo como lida com as mesmas.
Fique bem.

7/29/2011 05:17:00 da tarde  
Blogger Alexandra said...

O ponto de poder, esta no momento presente.

7/29/2011 05:19:00 da tarde  
Blogger Lou Albergaria said...

hmmmmmmmmmm.....bárbaro!

seu texto flui de uma forma extraordinária. Dá tesão ler você! A gente não tropeça em nenhuma frase, uauuuuuuu!!!!!

Beijo!

8/03/2011 10:59:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Oldmirror© 2005-2011 All Rights Reserved.